Pesquisa 2016

O conhecimento do tráfego ao longo dos principais corredores rodoviários permite determinar e priorizar os investimentos naqueles que se mostrarem fundamentais na melhoria do sistema viário como um todo, levando-se em consideração sua expressividade em termos de número de veículos de carga e respectiva tipologia.

Treinamento

O treinamento tem como objetivo preparar os profissionais para a função de chefes dos postos de pesquisa. Para acessar o treinamento online clique aqui.

Inovação

Em todos os postos de pesquisa, militares do Exército Brasileiro estarão equipados com iPad para realizar as entrevistas com os motoristas. A nova tecnologia visa tornar mais ágil o processo e dar maior garantia à qualidade esperada para as entrevistas, assim como para a transmissão dos dados coletados para o banco de dados.

Parceria

Pesquisa 2016 - Segunda Pesquisa

Localização dos Postos

Clique aqui para acessar a tabela com a localização dos Postos de Pesquisa.

Cartaz da Pesquisa - Segunda Fase

Clique aqui para acessar o cartaz da Segunda Fase da Pesquisa

Fotos

Histórico

Promovida pelo Ministério dos Transportes, por meio da Secretaria de Política Nacional de Transportes, e pelo Ministério da Defesa, a Semana Nacional de Pesquisa de Tráfego conta com o apoio do DECEx, da Fundação Trompowsky, do COTER, da Polícia Rodoviária Federal, da Polícia Rodoviária dos Estados e de órgãos de Comunicação.

A pesquisa, realizada em três etapas ao longo de 2011, faz parte dos estudos necessários para a revisão geral do Plano Nacional de Logística e Transportes (PNLT) e para a avaliação de investimentos na infraestrutura viária do País.

Promovida pelo Ministério dos Transportes, por meio da Secretaria de Política Nacional de Transportes, e pelo Ministério da Defesa, a Semana Nacional de Pesquisa de Tráfego conta com o apoio do DECEx, da Fundação Trompowsky, do COTER, da Polícia Rodoviária Federal, da Polícia Rodoviária dos Estados e de órgãos de Comunicação.

A pesquisa, realizada em três etapas ao longo de 2011, faz parte dos estudos necessários para a revisão geral do Plano Nacional de Logística e Transportes (PNLT) e para a avaliação de investimentos na infraestrutura viária do País.

Promovida pelo Ministério dos Transportes, por meio da Secretaria de Política Nacional de Transportes, e pelo Ministério da Defesa, a Semana Nacional de Pesquisa de Tráfego conta com o apoio do DECEx, da Fundação Trompowsky, do COTER, da Polícia Rodoviária Federal, da Polícia Rodoviária dos Estados e de órgãos de Comunicação.

A pesquisa, realizada em três etapas ao longo de 2011, faz parte dos estudos necessários para a revisão geral do Plano Nacional de Logística e Transportes (PNLT) e para a avaliação de investimentos na infraestrutura viária do País.

Promovida pelo Ministério dos Transportes, por meio da Secretaria de Política Nacional de Transportes, e pelo Ministério da Defesa, a Semana Nacional de Pesquisa de Tráfego conta com o apoio do DECEx, da Fundação Trompowsky, do COTER, da Polícia Rodoviária Federal, da Polícia Rodoviária dos Estados e de órgãos de Comunicação.

A pesquisa, realizada em três etapas ao longo de 2011, faz parte dos estudos necessários para a revisão geral do Plano Nacional de Logística e Transportes (PNLT) e para a avaliação de investimentos na infraestrutura viária do País.

Faq

O Plano Nacional de Tráfego, por meio de pesquisas de Origem e Destino e de Contagem Volumétrica e classificatória, tem como objetivo principal coletar dados de viagens de cargas e passageiros, volume de tráfego, além de, informações socioeconômicas nas rodovias nacionais, e dessa forma, possibilitar diversos estudos e avaliações que direcionam os investimentos em infraestrutura do setor de transportes.

Nesse sentido, o Exército Brasileiro em cooperação com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) realiza pesquisas de tráfego nas rodovias federais e agradece a colaboração valorosa da sociedade para obtenção das informações do tráfego rodoviário nacional.

A importância das pesquisas

O conhecimento do tráfego ao longo dos principais corredores rodoviários permite determinar e priorizar os investimentos naqueles que se mostrarem fundamentais na melhoria do sistema viário como um todo, levando-se em consideração sua expressividade em termos de número de veículos de carga e respectiva tipologia.

Os dados obtidos nessa pesquisa alimentarão modelos de análise que serão utilizados na avaliação de proposições voltadas ao planejamento em transportes.

Considerando a abrangência territorial e a distribuição das rodovias pelas regiões brasileiras, a realização desta pesquisa demanda estudos específicos, o uso de equipamentos de última geração e um treinamento de campo com elevado grau de complexidade logística e operacional, de forma a garantir o levantamento de uma quantidade suficiente de informações com qualidade e consistência.

Durante a Semana Nacional de Pesquisa de Tráfego, dois tipos de pesquisa foram aplicados:

- Volumétrica Classificatória: desenvolvida por meio de coleta de dados com formulário e equipamentos de apoio (contadores digitais);

- Origem e Destino: realizada por meio de coletores de dados, como o tablet.

A Pesquisa é realizada em todo o territorio nacional.

A Pesquisa acontece em 2 momentos durante o ano de 2016.

Contato

Pesquisa Nacional de Tráfego 2016

Pesquisa Nacional de Tráfego 2016

Participe das Pesquisas de 2016!